Número de frigoríficos de peixe cresce em todo o país


No Mato Grosso, pequenos produtores recebem apoio para instalação de frigorífico de peixes. O deputado Mauro Savi (PR) está intermediando junto ao Ministério da Pesca a legalização do projeto de construção do empreendimento.

Em breve no município de Juína, no norte do Estado, o que deve beneficiar diretamente mais de 500 famílias de pequenos produtores da região serão beneficiadas. O projeto, segunda a imprensa local, precisa ser readequado e deve custar cerca de 2 milhões de reais.

“Mauro Savi se dispôs a ser nosso intermediário para a gente conversar em Brasília com o ministro Marcelo Crivela e levar a realidade de Juína, que é tão carente de renda e temos certeza que a piscicultura é uma grande opção aos nossos pequenos produtores”, destacou o secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente de Juína, Shell Silvério, em entrevista ao Jornal Nortão.

No Mato Grosso do Sul, a empresa GeneSeas, que pretende instalar um Frigorífico de Peixes emAparecida do Taboado, anunciou que já deu início à formação de um banco de currículos para trabalhadores na indústria.

Conforme entrevista do empresário Tito Capobianco à Cutlura FM de Aparecida do Taboado, a empresa deu início à limpeza do terreno para o início das obras de terraplanagem. A expectativa é que as obras sejam iniciadas ainda neste ano e a conclusão ocorra no segundo semestre de 2014, “provavelmente entre os meses de agosto e setembro de 2014”, completou. A unidade terá capacidade para processar até 30 mil toneladas de peixe.

Na cidade de Juruá , no Amazonas, o projeto do frigorífico recebeu sua primeira remessa de equipamentos. Já o projeto de frigorífico de peixes que o governo está construindo na Estrada Variante, no bairro Miritizal, em Cruzeiro do Sul/SIGLA Amazonas, recebeu metade dos equipamentos necessários ao funcionamento, recebidos da região Sudeste em dez carretas. Chegaram todos os maquinários de refrigeração industrial e os painéis e portas para fechar o frigorífico.

Até o final do ano chegarão os equipamentos do processo industrial, como balanças, esteiras e equipamentos para processamento do peixe. “Vamos fechar o frigorífico, climatizar, receber os últimos equipamentos e montá-los já com as salas divididas”, informou o engenheiro mecânico Davi Melo da Costa Bussons ao secretário de Articulação Institucional, José Fernandes do Rego, que visitava o local na hora da chegada das carretas em entrevista a Agência de Notícias do Acre.

A previsão de entrega da obra é março de 2014. Os equipamentos do frigorífico totalizam investimentos de aproximadamente R$ 5 milhões, que se somam ao montante de R$ 4,5 milhões da construção da obra.

FONTE: http://seafoodbrasil.com.br/numero-de-frigorificos-de-peixe-cresce-em-todo-o-pais/

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *